Fomos ver Buenos Aires

3 dias em Buenos Aires 

Dia1: sexta-feira

Após nos acomodarmos no Axel Hotel, no bairro de San Telmo, saímos para começar a explorar Buenos Aires, como ainda era cedo, o primeiro dia praticamente valeria como um dia completo!

As primeiras impressões, ainda caminhando pelas antigas ruas de San Telmo era que tudo nos remetia ao centro velho do Rio de Janeiro e/ou São Paulo, alguns prédios antigos com  alguns dos prováveis anos 50’s 60’s sem muita manutenção, tudo ainda era uma mistura de encantamento e ao mesmo tempo decepção, em algumas esquinas não tinha certeza de ter saído do Brasil, já em outras percebia 100% estar em outras terras, principalmente ao observar o ar vintage dos ônibus públicos! Pelo menos no Rio ou SP nossa frota tá mais moderninha! hehehe…

Vintage bus

Vintage bus

Rua a rua, a paisagem foi mudando, e mesmo ainda com um ar de centro antigo, as ruas foram ficando mais largas e as grandes avenidas, as enormes avenidas, foram mudando a paisagem, fomos encontrando e nos deslumbrando com a capital Argentina, que realmente tem um grande gostinho de Europa…

Largas ruas e avenidas

Largas ruas e avenidas

Um gostinho de europa

Um gostinho de Europa

O primeiro destino era a Casa de Gobierno, ou melhor, a Casa Rosada, mas como turista a pé sempre acha uma coisa fora do roteiro, encontramos a “Manzana de Las Luces” que é um bloco formado por vários prédios históricos: Colégio Nacional de BsAs, igreja de San Ignacio, o antigo edífico da Universidade de BsAs e no meio disso tudo ocorre o “Mercado de Las Luces”, uma feira de antiguidades (um dos fortes comércio do bairro de SanTelmo) e artesanato… Valeu pela descoberta fora do roteiro, valeu pelos 15min gastos vendo as barraquinhas, mas não vale sair do seu roteiro para ir até lá…

Mercado de Las Luces

Mercado de Las Luces

Feirinha de antiguidades

Patio interno - Mercado de Las Luces

Chegando a Plaza de Mayo, lá estávamos no centro da vida política de Buenos Aires, palco de muitas emoções desde a época colonial até a atualidade. Seu nome comemora a Revolução de Maio, de 1810, que deu início ao processo de independência das colônias da região sul da América do Sul, uma praça de muita importância, e de prédios igualmente importantes, como a Casa Rosada, sede do poder executivo argentino e a Catedral metropolitana de Buenos Aires.

Casa Rosada - Plaza de Mayo

Plaza de Mayo

Passo seguinte foi chegar na larguíssima avenida 9 Julio, a principal avenida de BsAs e a mais larga avenida do mundo, leva esse nome pela data de independência da Argentina e tem como monumento central o um enorme obelisco de 67m de altura, na Praça de República.

Larguíssima Av. 9 Julio

Obelisco - Praça da República / Av. 9 Julio

Seguindo a rota dos pontos turístico do centro e microcentro de BsAs, o maravilhoso e imponente Teatro Colon, www.teatrocolon.org.ar ,de arquitetura eclética, mescla neo-renascentismo italiano e  barroco francês. Existe a possibilidade de conhecer com visita guiada o interior do teatro, mas não fizemos o passeio, preferimos a pausa e o sol brando no jardim em frente, nesse momento sentimos o gostinho de Europa: jardim+grama+sol+picnic+leitura ao sol…. um local perfeito para o ócio,  este hábito do ócio nos parques e jardins faltam no brasileiro, talvés aqui se faça isso na praia, mas nas cidades que num tem praia?

Teatro Colon

Plaza Lavalle - em frente ao Teatro Colon

Não poderíamos deixar de passar pela famosa rua Florida, rua de comércio intenso, cheia, lotada, tudo mais caro, mil vendedores de show de Tango, ou seja, só passamos, e passamos bem rápido, a sorte é que no fim da Florida existe as Galerias Pacífico, igualmente cheia de turistas (afinal com o real quase 2 para 1 peso, o povo adora comprar!) e nos também gostamos de comprar e claro, pausa para as compras!

Movimentada e desinteressante rua Florida

Mas além de comprar vale um passeio com calma pelos corredores da Galerias Pacífico , e não olhando para as vitrines e sim para cima, para o belíssimo prédio, para os belíssimos afrescos pintados no hall central. Construída para ser uma loja de departamento, transformou-se no Museu Nacional de Bellas Artes, depois em escritório da empresa ferroviária Pacífico, de onde herdou o nome, para só em 1991 transformar-se em shopping!

Galerias Pacífico

Galerias Pacífico - interior

Para fechar o dia1 e o tour pela BsAs antiga, nada como um café e algumas mezalunas no tradicionalíssimo e igualmente belíssimo Café Tortoni, www.cafetortoni.com.ar,  na lista dos mais notáveis bares-cafés de BsAs e incluso no livro “1001 lugares que se deve conhecer antes de morrer”

Cafe Tortoni - fachada

Cafe Tortoni - interior

Dia2 sábado:

Sábado estava reservado para explorar os lados de Palermo e seus arredores, iniciamos na Plaza das las Naciones Unidas, onde fica o monumento Flor Floralis, uma gigantes flor de 23metros de altura de metal que se abre pela manhã e se fecha a noite (diz que o monumento encontrar quebrado e não abre e fecha todos os dias).

Plaza de las Naciones Unidas - Floralis

Seguindo na mesma avenida Pte. Figueiroa Alcorta, encontra-se o indispensável MALBA – Museu de Arte Latino-americano de Buenos Aires www.malba.org.ar – este tem de estar no seu roteiro em BsAs, o museu está completando 10anos e tem como principal tema a arte latino-americana, com nomes como Tarsila do Amaral (o famoso Abapuro esta lá) e Frida Kahlo no seu acervo. Instalado num prédio de arquitetura contemporânea, com área de 8000 m2, foi projetado pelos jovens arquitetos argentinos Gastón Alemán, Martín Fourcade e Alfredo Tapia, com blocos que se cruzam mostram a influência de Álvaro Siza Vieira e Richard Méier na arquitetura.

MALBA - Museu de Arte Latino-Americana de Buenos Aires

Continuando na mesma avenida, fizemos uma pausa no Jardim Japonês, que é 100% dispensável no seu roteiro, a não ser que você seja amante de paisagismo japonês, 8pesos de entrada para ver um jardim bonitinho e bem tratado, nada além disso…

Agora não mais na Av. Pte. Figueiroa Alcorta e sim, no coração do bairro de Palermo, mais propriamente dito em Palermo Soho, seguimos direto a Plaza Cortázar, onde ocorre uma feirinha de artesanato beeeem hipie e de interesse bem mediano, mas o que interessa em Palermo é o que está em volta da praça e arredores, as lojas e os restaurantes com mesinhas na calçada!

Sábado a tarde em Palermo Soho

Perca-se pelas ruazinhas, vá de loja em loja, faça uma pausa em algum café de alguma esquina e depois escolha um restaurante com mesas na calçada e veja a vida passar (prefira os mais afastados da praça, menos agitação, a não ser que seja este seu objetivo).

Animadas ruas de Palermo Soho

Lojas e lojinhas em Palermo Soho

Dia3 Domingo:

Este era nosso último dia, e foi o dia mais curto, decidimos por não entrar na piração do turista de ter de aproveitar até o último minuto e conhecer e conhecer e conhecer… Fomos dar um giro pela animada e lotada feira de SanTelmo www.feriadesantelmo.com , que ocorre na Plaza Dorrego, é uma feira de antiguidades, afinal se está em San Telmo, o bairro dos antiquários! O foco principal sã objetos para decoração e principalmente produtos de prata, e não ache que por ser um feirinha de rua encontrará o melhor dos preços, muito pelo contrário achamos tudo bem caro, mas em toda boa feirinha de rua, negocie o primeiro preço, certamente ganhar um bom desconto!

Feira de San Telmo

Feira de San Telmo

Ao redor da praça existem alguns restaurantes e cafés, apresentações de música e Tango em cada esquina, e muitas, muitas barraquinhas de todo tipo de artesanato.  Na verdade, pode-se dizer que a feira começa lá na Plaza da Mayo e se estende por toda rua da Defensa (nesta só artesanato vagabundo,) até chegar na Plaza Dorrego com as barraquinhas de antiguidades. #Fica a Dica: se tiver interesse em ver as antiguidades e comprar com calma chegue cedo, tipo 9-10h, depois LOTA de turistas só enrolando o meio de campo!

Praticamente uma orquestra na praça

Rua Defensa - multidão da Plaza de Mayo até a Feira de San Telmo

Dali, seguimos ao ponto mais turístico de todos o Caminito, localizado no bairro de La Boca, é um conjunto de 3 ou 4 ruas com suas casinhas todas pintadas de cores alegres, muitos dançarinos de Tango por todo lado, muita gente te oferecendo restaurante para almoçar e mais gente ainda te oferecendo souvenir pelas ruas! Se for sua primeira vez a BsAs vá, pois é necessário conhecer qualquer lugar para poder falar mal ou bem depois, mas se já esteve por lá, sabe muito bem que não precisa voltar!

Caminito

As cores de Caminito

A única vantagem de ir até o bairro de La Boca, e poder visitar a Fundacion  PROA www.proa.org/esp , um centro cultural que fica na frente do rio Matanza. Infelizmente as salas de exposição estava em montagem e não tinha programação alguma, mas o belíssimo prédio que mescla um edifício neoclássico com arquitetura contemporânea vale subir até o café do terraço e de lá apreciar a linda vista sobre o rio Matanza! AH, e se você for fan de futebol ir até o museu do Estadio do Boca Juniores que fica na região, não foi nosso caso…

Vista do café da Fundacion PROA

E como agente estava de mini-férias afim de descansar e no hotel tinha um SPA delícia, corremos para lá e passamos o fim do dia na jacuzzi e na piscina aquecida e jantar no quarto do hotel, porque precisar num precisa, mas que um luxo as vezes é bom, isso é!

Buenos Aires deixou um gostinho de quero mais, e como é o destino internacional mais fácil e barato para os brasileiros, tenho certeza que sempre que der, vamos fugir para lá! Uma cidade ampla, limpa e o melhor, come-se MUITO bem por aqueles lados!

Serviços:

Onde ficar:

  • AXEL Hotel Buenos Aires – rede hoteleira européia 100% heterofriendly, ou seja, para não ter desentendidos, é um hotel gay! Peça o quarto com vista a piscina e desfrute do SPA da cobertura!

www.axelhotels.com/buenosaires

Onde comer:

  • UNIK – pelos lados do cool Palermo Viejo, mistura alta gastronomia a um ambiente de decoração moderna e clássicos do design vintage, vale a visita pelo espaço e pela comida que é divina! Vá jantar!

http://unik.pro

  • MERIDIANO 58  – simples, com mesinhas tipo sofá na rua, próximo a praça de Palermo Soho, peça a tábua vegetariana! Passamos na calçada e vimos as comidas na mesa e pensamos, é aí mesmo que vamos almoçar, o restô nos conquistou pelos olhos!

Jorge Luis Borges 1689 esq. El Salvador – Palermo Soho

  • LAS LILAS – para comer carne! Para comer uma boa carne! Fica localizado em Puerto Madero, fique numa das mesas da varanda e delicie-se com a carne no seu prato e com a vista! É do mesmo grupo do brasileiro Figueira Rubayat, mas com uma forma argentina de preparar a carne!

http://www.laslilas.com

Onde comprar:

  • GALERIAS PACÍFICO – centro comercial com lojas internacionais no centro antigo de BsAs, a visita vale tanto pelas lojas quanto pelo belíssimo prédio.

www.galeriaspacifico.com.ar

  • PAPELERA PALERMO – linda loja com todo tipo de papéis, e um pátio interno com jardim e um gazebo de vidro onde tem cursos de um tudo no mundo do papel

Cabrera 5227, Palermo

  • TIENDA PALACIO – lojinha de objetos para casa, presentes, bugigangas e tudo mais, daquela que você sempre sai com uma sacolinha na mão.

Honduras 5272 – Palermo

2 Respostas para “Fomos ver Buenos Aires

  1. Olá! É muito bom ver que vocês voltaram às atividades turísticas. Melhor ainda, é poder comentar as fotos e dicas que vocês fazem. Eu conheço essa cidade, mas, faz algum tempo que não retornei. Pelo visto, as coisas não mudaram muito. Eu fiz o passei pelo inetrior do Teatro Colon, que não é muito interessante por fora, mas, por dentro é tão bonito quanto o Theatro Municipal do Rio de Janeiro. Goste das dicas! Principalmente a do Café Tortoni! Espero que tenham se divertido bastante. Por fim, fica minha curiosidade, qual será a próxima viagem? Abraços!

  2. Maria Teresa Casteleiro Schally

    Olá Jeffe e Rodrigo!
    Gostei da postagem sobre a Argentina, e, sabe? por incrível que pareça, moro em Porto Alegre e nunca fui a Argentina. Vou anotar as dicas de vocês, e qualquer hora destas vou ir.
    Abraços

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s