London Guide

Sempre que possível, após viver, mesmo que por alguns dias, as cidades por onde estamos viajando, fazemos um post com algumas dicas que nos foram úteis ou que descobrimos no local, então aí vão nossas dicas de sobrevivencia em Londres:

  • O melhor custo benefício que achamos para viajar de Paris-Londres foi de trem,pesquisamos com uma boa antecedência, mas nenhuma companhia aérea low cost conseguiu ser mais barata que os 50euros por pessoa que pagamos na EuroStar, fora que, de trem não tivemos taxas de aeroporto e muito menos preocupação com bagagem, já que nas low cost cada grama extra vale uma fortuna !
  • Compramos os bilhetes via internet, e diferentemente de outros países da Europa onde somente o nº da reserva anotado em um papel era válido para viajar, neste trecho precisamos imprimir os bilhetes nas máquinas de auto atendimento da estação, e para essa impressão é necessário o nº da reserva e/ou o cartão de crédito onde a compra foi efetuada;
  •  Viajar de trem tem a vantagem de não precisar chegar horas antes como nos aeroportos, chegando uns 20min antes é seguro, mas ATENÇÃO, este trecho Paris-Londres exige um tempinho extra antes do embarque, primeiro porque você terá de imprimir os bilhetes (caso tenha comprado online) e depois porque você fará imigração para sair da França + imigração para entrar na Inglaterra (sim, a tão famosa e temida imigração inglesa é feita neste caso em Paris) pode ter fila e toma uns minutos a mais…
  • Em Londres você chegará na estação St. Pancras com acesso direto ao gigante metro londrino e suas 13 linhas, não compre seu bilhete nas máquinas de atendimento automático, procure pela bilheteria física e informe-se pelo OYSTER CARD, ele te dá direito a se locomover por metro e ônibus quantas vezes por dia quiser, ilimitadamente por 7 dias, quando deve ser recarregado. O cartão custa 32,60libras (sendo que 5libras você paga pelo cartão e recebe de volta ao devolve-lo intacto), levando em consideração que cada trecho do metro custa 4libras e agente usou pelo menos uns 4 trechos cada por dia, é economia na certa!
  • Para hospedagem mais em conta  e com um nível médio de hotel, sem luxo, mas com limpeza e bom atendimento, o melhor lugar que encontramos foi o bairro de Bayswater (diária em média 50libras duplo com café-da-manhã – existem muitos hotéis nesta região), a região é servida por metro (principalmente as estações Bayswater e Queensway – na Central Line) e dista não mais do que 20min de metro das principais atrações de Londres
  • A maioria dos grandes museus de Londres: British Museum, Tate Britain, Natural History Museum, Victoria & Albert Museum não cobram ingresso para visitar o acervo permanente, pedem somente uma doação que varia de 3 a 5libras, e é doação, pode não dar se quiser, ninguém fica cobrando, vai ali e deposita o quanto quiser mais ou menos na caixinha…  Os ingressos são cobrados somente para exposições temporárias, que costumam custar por volta de 5libras cada, mas só o acervo permanente de cada um desses museus já vale e muito o passeio.
  • Para os musicais e o museu Madame Tussaud’s dê preferência a comprar o bilhete pela internet, tem em média 20% de desconto e pode até reduzir o seu tempo de espera nas filas, o preço do bilhete básico adulto no Madame Tussaud’s (jan2010) é de 28libras e uns trocados – preço de bilheteria
  • Londrinos adoram mapas, dessa forma será fácil você achar mapa de tudo para se locomover pela cidade. O clássico mapa do metro é obrigatório (você verá os próprios londrinos com este mapa nas mãos), mas tem mapa com os pontos de aluguel de bicicleta, mapa com os pontos de estacionamento, mapa de hot spots gratuitos de internet, e por aí vai…
  • Se você for chegar ou sair de Londres pelo aeroporto de Gatwick (se estiver viajando de Easyjet é lá mesmo seu destino) a opção mais econômica é usar o serviço Gatwick Express, ele parte do aeroporto para a estação Victoria do metro, ou vice-versa. A dica é fazer a reserva online no site é ganhar os descontos por compra online!
  • Se chegar e/ou sair pelos aeroportos de Hearthrow ou London City Airport aí é só usar o metro que tem estação direto para nesses aeroportos.

3 Respostas para “London Guide

  1. juliane martinello

    ótima dica!
    eu e meu namorados vamos sozinhos, sem guias, só com a mochila!!
    estamos com um pouco de medo de pegar o trem e ir pra londres sem saber nada direito, mas vamos imprimir essas dicas e com certeza vamos fazer tudo certinho!!! obrigada!!

  2. Na estação Sant Pancras-Londres, tem loja de cambio para trocar eur os por libras? Vou amanhã para Europa e a agência de viagens me informou que em Londres aceitavam euros com facilidade, mas hoje me disseram que não.Socorro!
    Grata,Myriam

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s